segunda-feira, 8 de fevereiro de 2021

quinta-feira, 19 de novembro de 2020

Novos alimentos



Exemplos de Novos Alimentos
- Leite magro
- Leite enriquecido com vitaminas ou minerais
- Cereais enriquecidos com vitaminas ou minerais
- Iogurtes probióticos e probióticos
- Pão , bolachas , bolos , cereais sem glúten
- Leite , queijo e outros alimentos lácteos sem lactose
- Tomate e milho transgénicos
- Sementes de chia

Riscos e benefícios  de novos alimentos:
Os principais benefícios são:
                – a maior produção alimentar;
                – os prazos de validade mais alargados;
                – a redução do número de doenças digestivas causadas, por exemplo, por microrganismos.

Os principais riscos são:
                – por vezes tornarem-se mais caros;
                – a possibilidade de provocarem resistências a antibióticos e reações alérgicas;
                – não se conhecerem as consequências para a saúde do consumo de alguns destes alimentos.

Alimentos Transgénicos
Segundo a nutricionista Christianne de Vasconcelos, alimentos geneticamente modificados são alimentos desenvolvidos em laboratórios com a utilização de genes de espécies diferentes de animais, vegetais ou microrganismos.

Ou seja, com essa nova tecnologia, pode-se introduzir um gene de rato, de bactéria, de vírus ou de peixe em espécies de arroz, soja, milho, trigo.

Por exemplo, há soja com gene de bactérias e milho com gene de bactérias e vírus.

Vantagens dos alimentos transgénicos
  • Aumento da produção de alimentos;
  • Possível melhoria do valor nutricional, desenvolvimento de alimentos para fins terapêuticos;
  • Maior resistência e durabilidade no armazenamento.
Desvantagens dos alimentos transgénicos
  • Possível aumento das reações alérgicas;
  • As plantas que não sofreram modificação genética podem ser eliminadas pelo processo de seleção natural, pois a transgênicas apresentam maior resistência às pragas e pesticidas;
  • Aumento da resistência aos pesticidas, com consequente aumento do consumo deste tipo de produto;
  • Apesar de eliminar pragas prejudiciais à plantação, o cultivo de plantas transgénicas pode, também, matar espécies benéficas ao equilíbrio ecológico como abelhas, minhocas e outros animais e plantas.
Países que já cultivam alimentos transgênicos
Estados Unidos: melão, soja, tomate, algodão, batata, canola, milho.
União Europeia: tomate, canola, soja, algodão.
Argentina: soja, milho, algodão.

Portanto, para evitar o seu consumo, é muito importante buscar a informação no rótulo dos alimentos.

quarta-feira, 18 de novembro de 2020

Roda dos Alimentos Mediterrânica


Roda dos alimentos

Numa realidade que nos apresenta tantos produtos e opções de escolha, a Roda dos Alimentos é a melhor amiga da alimentação saudável. A sua forma circular associa-se ao prato utilizado às refeições, e a sua divisão por grupos permite identificar facilmente qual a proporção com que os alimentos de cada um desses grupos deve estar presente na alimentação diária, incentivando maior consumo dos alimentos pertencentes aos grupos de maior dimensão e menor consumo daqueles que se encontram nos grupos de menor dimensão. Dentro de cada grupo estão reunidos alimentos nutricionalmente semelhantes entre si, que devem ser regularmente substituídos entre si de modo a assegurar a variedade alimentar.

A Roda dos Alimentos ensina-nos a ter uma alimentação:

  • Completa – comer alimentos de cada grupo e beber água diariamente;
  • Equilibrada – comer mais dos grupos maiores e menos dos grupos menores;
  • Variada – comer alimentos diferentes dentro de cada grupo variando diariamente, semanalmente e nas diferentes épocas do ano.

Importância da Leitura dos Rótulos

Como ler rótulos de alimentos?