quarta-feira, 29 de setembro de 2010

Quais as formas do corpo dos animais?

Os animais apresentam formas do corpo muito variadas, consoante o ambiente e o habitat em que vivem e o respectivo modo de vida.
Existem animais cujo corpo tem forma:
  • cilíndrica, 
  • esférica, 
  • achatada, 
  • aerodinâmica,
  • fusiforme, 
  • estrelada e 
  • outros que não têm forma definida.

Os animais podem ser vertebrados ou invertebrados.
O seu corpo pode organizar-se em cabeça, tronco e membros ou ser segmentado, isto é, formado por anéis.
O corpo do animal pode apresentar simetria bilateral, radial ou não possuir simetria (assimétrico).


Exercícios interactivos online:

Forma e revestimento dos animais



Forma e revestimento dos animais

domingo, 26 de setembro de 2010

quinta-feira, 23 de setembro de 2010

Biodiversidade em Palavras, Imagens e Música



A biodiversidade traduz-se na quantidade de espécies de seres vivos existentes no planeta. Existem espécies adaptadas a ambientes tão diversos como o gelo da Antártida ou fontes submarinas com actividade vulcânica e temperaturas superiores a 100ºC. Ainda se conhece pouco sobre a biodiversidade do planeta. Calcula-se que existam entre 10 a 20 milhões de espécies, das quais só 10% estão estudadas a nível científico!
O principal impacto da perda da biodiversidade é a extinção das espécies que são irrecuperáveis.
O Homem é o principal responsável da perda da biodiversidade. As espécies têm sido exterminadas de maneira muito rápida pela acção humana, com uma taxa de extermínio 50 a 100 vezes superior aos índices de extinção por causa natural.
Exemplos da acção do homem e suas consequências na biodiversidade do planeta:
  • Eliminação ou alteração do habitat pelo homem - é o principal factor da diminuição da biodiversidade. A eliminação de vegetação local para construção de casas ou para actividades agropecuárias altera o meio ambiente. Em média, 90% das espécies extintas acabaram em consequência da destruição de seu habitat;
  • Super-exploração comercial - ameaça muitas espécies marinhas e algumas terrestres;
  • Poluição das águas, solo e ar - stressam os ecossistemas e matam os organismos;
  • Introdução de espécies exóticas - ameaçam os locais por predação, competição ou alteração do habitat natural.

A diversidade biológica apresenta um papel fundamental para a nossa espécie, uma vez que aproximadamente 40% da economia mundial e 80% das necessidades dos povos dependem dos recursos biológicos.
Devido essencialmente a actividades humanas como a agricultura, a pesca, a indústria, os transportes e a urbanização de extensas partes do território, entre outras, observa-se que os ecossistemas e as espécies se encontram, a um nível global, cada vez mais ameaçadas, com a consequente diminuição da biodiversidade.
Esta tendência pode vir a ter, profundas implicações no desenvolvimento económico e social da comunidade humana, pois é frequentemente acompanhada por profundas alterações ambientais.
Neste contexto, o conceito de conservação da natureza tem vindo a evoluir precisamente no sentido de manutenção da biodiversidade.

Fonte do texto:
http://www.malhatlantica.pt/cnaturais/biodiversidade.htm